A leitura traz diversos benefícios, isso não é novidade nenhuma. Ela é um dos principais investimentos que devemos fazer na infância. Mas, para que a leitura se torne um hábito, é preciso que os pais incentivem seus filhos, estimulando-os pela prática. Muitos filhos não gostam de ler, e esse é um bom motivo para que você insista e descubra o porquê de tamanho desinteresse.

Quando despertamos interesse por algo, queremos dizer que aquilo é, de fato, importante útil ou vantajoso. E é por meio da experimentação que descobrimos se algo é relevante para nós. Dessa forma, acontece na infância. As crianças precisam conhecer os prazeres da leitura para que se tornem fascinantes leitores.

Alguns fatores contribuem para o desinteresse dos filhos pela leitura. É nesse momento que a presença dos pais para o incentivo pelo hábito é fundamental. Logo, a maneira como apresentamos um livro ao nosso filho será essencial no primeiro contato com as histórias. A autonomia do pequeno pelo apreço aos livros não será o melhor método para esse desenvolvimento.

Portanto, esteja sempre presente na vida do seu filho. É necessário que eles sejam convidados a experimentar, diariamente, a mágica que os livros tem a oferecer. Os benefícios da leitura serão fundamentais para o desenvolvimento do seu pequeno, visto que a leitura não implicará na exclusão das demais atividades das crianças.

A Pueri Dei reforça a importância da leitura, e o incentivo dos pais para o hábito constante.

Conheça nossa escola!

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: leiturinha

Imagem: Freepik

Sejamos sinceros, quem nunca brigou com seu irmão? Tudo é motivo de desavença: aquele último pedaço de bolo, posse do controle da tv, empréstimo de brinquedos. Enfim, o convívio entre irmãos é um caso de amor e ódio, e as brigas, em muitas ocasiões, se tornam inevitáveis.

Manter a calma e a paciência com os filhos nem sempre é uma tarefa fácil para os pais. Porém, é um fator fundamental no combate às brigas entre irmãos. Gritos e ameaças não são formas de evitar esses conflitos. Dessa forma, a melhor opção é respirar fundo, e tentar resolver tudo de forma harmônica.

Para lidar com essas brigas entre irmãos, algumas dicas são recomendadas para que os ânimos sejam acalmados em casa. Vejamos a seguir:

Intervenção

Saiba o momento certo de intervir a confusão. Permita, primeiramente, que os pequenos se entendam. Caso não haja um consenso entre ambos, busque de forma passiva apaziguar a situação. Dessa forma, você estimula o amadurecimento, além do para lidar com os problemas.

Bronca maneirada

Muitas vezes, é difícil para os pais controlarem o tom de voz quando o nervosismo vem à tona. Entretanto, castigar, gritar ou tomar qualquer outra ação precipitada, podem acarretar em consequências negativas. Além de mau exemplo para os pequenos, essas atitudes podem impactar na auto estima das crianças.

Seja justo

Procure entender os dois lados da história. Em muitos casos, o irmão mais novo sempre sai bem na situação, pelo fato dos pais privilegiarem os menores, mesmo sem que percebam. Portanto, ouça os dois lados com a mesma atenção, e busque ao máximo ser justo na resolução do problema.

Converse!

Assim como na vida adulta, o melhor caminho para se resolver um conflito é por meio do diálogo. Insista quantas vezes forem necessárias, quando a primeira conversa não for efetiva. Dessa forma, as crianças entenderão que a violência e a intolerância não serão a melhor resposta para resolverem seus impasses.

Conheça nossa escola.

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: leiturinha

Imagem: freepik

Momento para os adultos relaxarem após um longo dia de trabalho, o banho tem sido um vilão para as crianças. Provavelmente, você já passou por essa situação e encarou uma guerra para dar banho em seu filho. Tudo isso acontece em meio à choro, birra, gritos e reclamações. Dessa forma, o momento para deixar seu pequeno limpo nem sempre é algo muito agradável para pais e filhos.

Esse vilão chamado banho, pode se dar pelo fato de medo ou incômodo, quando acontece com crianças pequenas. À medida em que eles vão crescendo, esse fato de não querer, pode ser relacionado ao questionamento das regras. Existe, também, a possibilidade de ser um tempo perdido, quando poderia estar brincando ou fazendo algo de acordo com o seu gosto.

Primeiramente, é recomendável que você identifique os motivos para que seu filhe rejeite o banho. Assim, irá lhe trazer mais facilidade para resolução do problema. Se o seu filho já fala, busque métodos de diálogo para encontrar a razão para ele não preferir tomar banho. Caso ele não fale, esteja atento às possíveis reações quando o assunto banho é colocado em pauta.

Algumas dicas irão possibilitar um momento mais prazeroso para ambos no momento do banho. A organização do local é importante para que o pequeno se sinta à vontade; lave o cabelo no início do banho; não se apegue aos horários, tente ser flexível; evite chantagens; não pegue-os de surpresa; conforme crescimento, dê a ele mais autonomia. Dessa forma, você irá melhorar o convívio, e transformar a hora do banho em um momento de pura diversão.

Conheça nossa escola!

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: leiturinha

Imagem: canva

O natal está chegando e as crianças geram muitas expectativas para o presente que vai ganhar. São diversas as maneiras de presentear os pequenos, é uma delas é o livro. Muitos pais não sabem o que comprar de presente para seus filhos, mas aqui vai uma dica valiosa: presenteie-os com livros nesse natal. Proporcionar esses momentos de leitura implicará em resultados positivos no desenvolvimento do seu filho.

Um livro envolve muita emoção, são considerados pedaços de nós. Possibilita afeto e conexões. São novas experiências e oportunidade de novas descobertas. Presentear alguém com um livro é um convite para conhecer outras culturas e olhares. Além do aprendizado, os livros colabora para o desenvolvimento da fala e alfabetização. Dessa forma, a capacidade de visão criança poderá ser ampliada.

Através das histórias, os pequenos leitores podem exercitar diversas habilidades em razão dessa prática. Eles aprendem a lidar com as emoções e com as diversas da vida. Sobretudo, os livros possuem uma linguagem leve e lúdica, de modo que a mensagem seja transmitida de forma efetiva e natural.

Definitivamente, os livros possuem grande importância na vida dos pequenos. Além de benéficos, a certeza é de que os livros serão eternos na vida de quem os lê. Dessa forma, presenteie seu filho com livros nesse natal. Afinal, o mundo da leitura e da imaginação estão na expectativa de que novos desbravadores se aventurem em suas histórias.

A Pueri Dei ressalta a importância dos livros no desenvolvimento dos Pueirinhos. Conheça nossa escola.

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: leiturinha

Imagem: freepik

Todas as crianças possuem peculiaridades, gestos que caracterizam sua personalidade. Isso pode ser comum e até mesmo saudável, desde que não atrapalhe a vida dos pequenos que preocupam os pais. Porém, existem alguns gestos repetitivos na infância dos filhos que preocupam os pais. Como lidar com essas manias da infância?

Primeiramente, devemos ter conhecimento da diferença entre tique e mania. Tiques são comportamentos repetitivos, como por exemplo, mexer alguma parte do corpo várias vezes. Já as manias, são comportamentos que a criança tem dificuldade de controlar. Morder os lábios é um exemplo. Dessa forma, os pais precisam estar atentos e entender a origem dessas ações.

Em diversas ocasiões, esses atos não estão ligados a coisas graves, mas sim em causas comportamentais. Quando alguma situação nova acontece, a criança desperta uma emoção ou sentimento, e não é capaz de lidar. Logo, ela encontra na mania a forma para se acalmar.

É importante que os pais estejam sempre atentos ao momento em que esses comportamentos se manifestam. Por isso, nunca interprete de forma isolada os gestos de uma criança. Geralmente, essas manias tendem a diminuir com o passar do tempo quando a criança possui maior domínio de suas ações.

Existem várias formas de ocupar as crianças, de modo que a segurança seja transmitida e ela saiba lidar com as diversas situações. A prática de esportes e terapias são ótimas formas de evitar esses gestos repetitivos da infância. Não é necessário que a criança sofra qualquer trauma ou seja punida por agir como tal, essas ações negativas podem piorar a situação. Portanto, é importante que os pais olhem os comportamentos dos seus filhos e saiba a maneira certa de agir nesses casos.

Conheça nossa escola.

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: Escola da Inteligência

Imagem: freepik

Você sabe como seu filho pode melhorar a concentração durante os estudos? Afinal, uma das características dessa nova geração é a habilidade de realizar multitarefas simultaneamente. Obtendo tal facilidade, eles não hesitam em estudar ao mesmo tempo em que manuseiam um aparelho eletrônico.

O foco é algo fundamental no momento em que você está adquirindo conhecimento. Dessa forma, é necessário que os pais estejam atentos nessas situações, ensinando seus filhos a se dedicar totalmente em um afazer. Assim, eles obterão resultados satisfatórios pela maior concentração dedicada aos estudos.

Para melhorar esse desempenho, é preciso que o ambiente de estudos do seu filho seja organizado. Como? Tendo o próprio espaço, reservado para a própria atividade escolar. O local deve ser um lugar onde ele se concentre no que faz. Sendo assim, desligando-se das coisas externas.

É importante também que seu filho saiba conciliar o estudo, descanso e lazer. Todos esses três itens são essenciais para seu desenvolvimento, e cada uma contribui positivamente de alguma forma. Além disso, as habilidades socioemocionais, como o autoconhecimento, contribuem para que seu desempenho seja constante.

Dinamizar o estudo do seu filho tornará a atividade mais prazerosa. Utilize métodos que possam influenciá-lo a estudar e que gerem novos fôlegos para qualquer atividade. Dessa forma, ele será beneficiado com o ganho da autonomia e enriquecimento do aprendizado.

Para finalizar, é extremamente importante que seu filho tenha cuidados com o sono e pratique atividades físicas. O mal estar físico é causado tanto pelo sedentarismo quanto pela deficiência do sono. Tornar essas duas ações hábitos rotineiros, será fundamental na qualidade de vida e dos estudos do seu filho.

A Pueri Dei ressalta a importância da qualidade dos estudos. Conheça nossa escola.

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: Escola da Inteligência

Imagem: freepik

Dúvidas surgem entre o convívio entre bebês e animais de estimação, principalmente sobre essa relação dar certo. É gerada insegurança pelos pais, que buscam evitar acidentes ou situações tensas que envolvam os pets e as crianças. Mas, afinal, é realmente necessária tamanha preocupação?

Algumas dicas como: deixar os pets terem essa proximidade da barriga da gestante. Além disso, o animal pode até sentir o cheiro das roupinhas, a fim de melhorar a harmonia entre os serzinhos. Para isso, é necessário que os pais estejam sempre atentos às ações dos animais em relação ao bebê, de modo que nenhum incidente venha a acontecer.

Nesse processo de adaptação, vale ressaltar que o respeito com o tempo dos filhos e animais é extremamente válido. No início, pode acontecer o estranhamento de ambos, acarretando na lenta adequação dos mesmos. A presença do outro é incômoda, e os pais precisam desse entendimento e paciência.

Outro fator importante é conhecer bem o seu pet. Cada animal possui personalidade própria e pode reagir de diferentes formas. Entretanto, a educação recebida pelo bichinho será fundamental nesse processo. O conhecimento do seu animal de estimação aumentará as suas chances de ser um bom mediador nessa situação.

A apresentação do bebê com o pet deve ser inteiramente monitorada. Reconheça que haverá a comunicação no tempo dos dois e, dessa forma, não se apressem. Saiba que é extremamente importante e saudável esse contato entre os bebês e os animais de estimação, visto que essa interação será benéfica para o seu desenvolvimento.

Esse, entre outros assuntos, são importantes para a Pueri Dei. Conheça nossa escola!

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: leiturinha

Imagem: Freepik