A vida com bebês seria muito mais prática se tivéssemos um manual com dicas sobre como agir em cada situação. Porém, a única coisa capaz de moldar nossas atitudes e nossas decisões é a vivência. Isso porque, cada bebê possui características próprias. Durante o desenvolvimento os pequenos passam por diversas fases. Elas, uma hora ou outra, influenciarão positiva ou negativamente na rotina do sono.

Primeiramente, precisamos ressaltar que esse tipo de situação é completamente normal. Entretanto, conhecer algumas estratégias pode tornar essa tarefa algo ainda mais fácil. Continue lendo para saber mais!

Rotina é tudo

Essa pode parecer uma solução simples, mas ela é realmente eficaz. Ela pode ser colocada em prática desde o primeiro dia de vida do bebê. Assim, cerca de 30 minutos à uma hora antes de dormir, diminua as luzes. Dessa forma, a produção e a liberação de cortisol, o hormônio do sono. Posteriormente, dê um banho, a última refeição do dia e aproveite para ler uma história ou ouvir uma música calma. Para que a criança se acostume, siga esse ritual rigorosamente todas as noites.

Pais unidos = boa rotina de sono para a criança

A união faz a força! Portanto, antes mesmo de começar a acostumar seu filho, certifique-se de que seu parceiro concorda com as estratégias. Isso porque, nem sempre os responsáveis concordam em alguns aspectos durante a criação dos pequenos. Além do mais, é fundamental que ambos entendam: o bebê e o sucesso no treinamento do sono tranquilo é responsabilidade dos dois. É importante que essa conversa seja realizada antes de o choro ou mesmo a inquietação da criança aconteça, para que os dois estejam preparados para lidar com as dificuldades juntos.

Atenção ao horário

Alguns pais, por possuírem uma rotina corrida, costumam manter as crianças acordadas até tarde para aproveitarem o tempo juntos. Porém, isso pode ser nocivo para o sono biológico do bebê. Isso porque, o horário ideal para uma criança de 3 a 6 meses ir dormir é bem cedo, em comparação ao tempo que nós adultos estão acostumados a ir deitar.

Busque interpretar os sinais

Nem todos os sons que o bebê faz querem dizer que ele precisa de colo ou de comidinhas. Isso porque, muitas vezes os suspiros e os gemidos durante a madrugada podem demonstrar apenas que o pequeno está se acomodando enquanto dorme. Portanto, mexer neles pode acabar atrapalhando o relaxamento completo. Então, antes de tomar alguma atitude, tenha certeza de que a criança está bem ou realmente está com os olhinhos abertos. Se ela estiver chorando por estar com dor ou com algum desconforto, você conseguirá saber pelo volume do choro, que aumentará em vez de diminuir.

Barriguinha cheia

Você sabia que refeições regulares favorecem o descanso na hora de dormir? Um bebê que come bem durante o dia muito provavelmente poderá dormir à noite sem precisar mamar. Se, por orientação do pediatra, você ainda amamenta, fique atenta para saber identificar quando seu filho passa a fazer seu seio de chupeta. Assim você evitará a formação de gases e desconfortos na criança.

A Pueri Dei se preocupa com a qualidade do sono dos puerinhos, pois sabe que dormindo bem eles crescerão fortes, saudáveis e com muita energia para gastar!

Conheça nossa escola!

Ademais, continue acessando nosso blog.

Fonte: paisefilhos

Imagem: freepik

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *